Uma madrugada
por Peter S. Krause
 
 
Do you love me that much? Que tipo de pergunta é esta? Coisa mais Peter Cetera. Meudeusdocéu é Peter Cetera. OK, nada de pânico, ela tá falando dormindo. Ela fala dormindo! Ela canta dormindo. Ela canta músicas do Peter Cetera dormindo. Cadê a aliança? Puta que me pariu, tá na mão esquerda, esqueci. Merda, tarde demais, já casei com ela. Por que ela nunca me contou que gostava de baba? Será que é motivo bastante pro divórcio, hoje em dia as pessoas se divorciam por qualquer merda. Chato vai ser explicar pro juiz. Se é que vai chegar no juiz. Já tô vendo tudo, mediador na audiência de conciliação me fazendo admitir que gosto não se discute, que ela mesma, psicóloga, mediadora, bacharel em direito, é chegada num pagodinho. O advogado da minha mulher dizendo que é um motivo fútil pra se separar e que, justamente por isso, data venia, ela deve ficar com o apartamento, o carro, a assinatura da TV a cabo e minha coleção completa (singles, piratas e tudo mais) dos Stones. Eu vou tentar contra argumentar, mas ela ama musiquinhas babinhas, onde é que ela vai enfiar Sympathy for the Devil? Ela vai, então, me dar um tapa por achar que eu estivesse insinuando onde é que ela devia enfiar, e então exigir meus bootlegs do Led e meu equipamento de tattoo. Mas, senhor juiz meretríssimo, digo, meretíssimo, excelência, eu vou viver de quê sem meu equipamento. Vou tatuar como, com pente? Como é que vou pagar a pensão sem fonte de ren a pensão! Meu Deus a pensão! Eu não ganho o bastante pra me sustentar direito. Ela ganha mais que eu atendendo os advogado lá no foro. Será que, será que podia ser eu a ganhar pensão? Não, o país ainda é muito machista e, além disso eu chamei o juiz de meretríssimo e aposto que o puto se ofendeu. Que merda, tô fudido, vou ter que me mudar pra cohab ou pra cidade de deus. Puta, poder fazer tattoo eu vou ter que fazer a outra única coisa que eu sou capaz puta merda, vou morrer de fome. Vou ter que ganhar a vida limpando parabrisa nas esquina. Isso se os pivete não me cagarem a pau por tirar o ponto de algum deles. Vou ser obrigado a pegar aquelas esquinas quase sem movimento, não vai dar nem pra comprar uma latinha de cola depois de pagar a maldita pensão dessa desgraçada brega de mau gosto. Tu arruinou minha vida, vadia, olha aqui, quase trinta anos na cara e reduzido a um pivetinho por tua culpa. E agora, o que eu vou fazer!

Mmmm, bom dia meu bem, meu bem? Tu tá todo suado, foi um pesadelo? Tu tá tão estranho? Responde. Nossa, olha a hora, vai te acalmando aí enquanto eu preparo um café. Tu parece ter passado um noite terrível. Merda, eu não posso me atrasar. Eu não agüento mais essa rotina lá do foro. Além do mais, como se não bastasse, eles não tiram o rádio da Antena 1. Eu não agüento mais tanta baba, tá me dando nos nervos.

Meu bem, querida, eu já te disse que te amo?